Óleos Essenciais: Abacate

Publicado: 02/04/2019


        A Persea Americana, ou Abacate é uma fruta original da América Central, famosa na cozinha Mexicana é rica em proteínas, ácido fólico, potássio, gorduras não saturadas e vitaminas A, C e E.

        Quando Espanhóis e Portugueses passaram a ter contato com este fruto, o associaram a Peras e Figos e herdaram o uso deste alimento dos hábitos Astecas, que viam nele um alimento de propriedades afrodisíacas devido ao seu formato lembrar seios e testículos! Razão esta que deu origem ao nome “Náuatl”, sendo batizado posteriormente pelos Espanhóis como “Aguacate”.

        Hoje o Abacate está presente em todo território brasileiro, está em quintais residenciais, em ruas de cidades do interior e já está plenamente inserido na nossa cultura como fosse um fruto daqui. Isso se deu devido à sua grande adaptabilidade aos climas tropicais.

        Embora o uso do Abacate como fonte de alimentação esteja nos registros como prática comum há mais de 10.000 anos, a extração do óleo de abacate é um fato bastante recente: Foi na Califórnia, Estados Unidos, durante a década de 1940 que começaram os processo de extração do óleo de abacate, contudo, àquela época era comum o uso de solventes no processo de extração, elevando a temperatura do fruto ao ponto de perder suas propriedades terapêuticas, mantendo apenas seu uso como lubrificante.

        Os procedimentos rudimentares de extração de óleo a base de solventes mostraram-se ineficazes em garantir produtos de cosméticos fora da estética, pois eram usados como um óleo vegetal e não como componente vitamínico para hidratação e tratamento.

        Já mais recentemente, foi na Nova Zelândia que começaram os processos de extração dos óleos essenciais do abacate a partir de prensa a frio, ou seja, conseguir um óleo vegetal sem superaquecê-lo, mantendo suas propriedades medicinais. Esta nova técnica propiciou um novo produto tanto à indústria alimentícia como cosmética, oferecendo ao mercado um óleo superior ao de Oliva, podendo ser cozido a temperaturas maiores em perda de qualidade.

        O uso dos óleos de abacate em cosméticos passou a ser bastante valorizado por sua capacidade regenerativa e hidratante. O Abacate é um dos componentes responsáveis por nossos bálsamos serem absorvidos rapidamente pela pele e terem um poder de hidratação tão significativo.

        Entre suas reconhecidas propriedades vitamínicas, este óleo possui grandes quantidades de fito esteróis e beta-sito esterol, conferindo propriedades bactericidas, antivirais e anti-inflamatórias.

        Óleo de abacate em nossas fórmulas ajuda na prevenção ao envelhecimento precoce da pele, na formação de rugas e é um excelente contribuidor na indústria cosmética para a fabricação de filtros solares, pois protege a pele com uma camada de filtragem de raios UV.

        Os bálsamos Lulu Balm contam com o óleo de abacate para ajudar no tratamento de dermatites, inflamações, queimaduras, acne e psoríase, além de ser excelente no processo de cicatrização pós-cirúrgica, ajudando a prevenir a formação de queloides.

        Se você já usou um Lulu Balm depois de ser picada por um mosquito, o óleo de abacate foi o protagonista quando percebeu que a coceira e a inflamação da picada tenham sumido!

        Caso ainda não tenha experimentado um de nossos bálsamos, aproveita e confere os benefícios que o Óleo de Abacate, junto da família de óleos essenciais que combinamos podem trazer para a sua pele.

        Desejamos uma ótima semana.

        Com carinho,

        Lulu Balm Cosméticos.

Voltar